Triglicerídeos – Vamos baixar e ter uma boa saúde

 

Os triglicerídeos são gorduras produzidas pelo corpo ou adquiridas pela alimentação, as quais fornecem energia para o nosso organismo. Quando encontradas em excesso, podem ser prejudiciais, sendo armazenadas no tecido adiposo (abdômen e quadris).

Os alimentos que colaboram para o aumento dessas gorduras são os açúcares dos pães, massas e doces, que são transformados pelo fígado em triglicerídeos e encaminhados para a estocagem, servindo como reserva energética. Os triglicerídeos são uma forma de glicerol, o qual contém três ácidos graxo que se desfazem no intestino delgado e se juntam novamente para circular no sangue.

Os indivíduos que consomem estes carboidratos em exageros poderão adquirir placas de gordura nas artérias, se tornando um indivíduo vulnerável a problemas cardíacos, AVC, pancreatite, e doença hepática.

No quadro de síndrome metabólica, os triglicerídeos ajudam no desenvolvimento da diabetes; esta síndrome acontece quando a pessoa apresenta o excesso de gordura abdominal, hipertensão, nível alto de glicose no sangue, com pouco colesterol bom, o qual chamamos de “HDL”, e alto nível de triglicerídeo.

Algumas dicas são importantes para reduzir os triglicerídeos e o colesterol; a primeira dica é controlar a ingestão de alimentos, acompanhado com atividades físicas.

Consumir mais calorias do que gasta pode ser um problema. O que deve ser reduzido ou retirado do cardápio são as gorduras saturadas (animais) e as trans, carboidratos (produtos de farinha branca) e açúcares. O consumo do álcool também pode elevar os triglicerídeos, pois o fígado irá produzir mais ácidos gordos; por isso o consumo deve ser moderado. É necessário que nas preparações da alimentação sejam retiradas as frituras.

É muito importante aumentar o HDL com os alimentos saudáveis e gorduras boas como azeite de oliva, abacate, amêndoas, sementes (de abóbora e gergelim) e peixes ricos em ômega-3, além de ingerir mais fibras, para a melhora da absorção das gorduras e da glicose.

Alguns estudos mostram que a frutose pode ser um alimento para o aumento dos triglicerídeos, mas o importante é consumí-las em quantidades moderadas, aproveitando as fibras que são benéficas para diminuir os triglicerídeos altos. Os alimentos mais perigosos que contém frutose são as caldas e o xarope de milho.

Sugestão

Café da manhã:
½ mamão papaia com 1 colher (sopa) de aveia em flocos + 1 colher (sopa) rasa de linhaça dourada triturada ou banana com aveia.
1 iogurte desnatado ou suco verde (limão, maçã e couve)

Lanche da manhã:
2 castanhas do Brasil
1 fruta/aveia

Almoço:
1 prato de salada de alface, rúcula, cenoura ralada e pepino
1 xícara (chá) de brócolis no vapor
2 colheres (sopa) de arroz integral
1 concha pequena de feijão
1 filé de frango grelhado ou 1 filé de peixe

Lanche da tarde:
½ xícara (chá) de salada de frutas com aveia ou um iogurte desnatado

Jantar:
1 prato de salada (rúcula, agrião, broto de feijão, cenoura ralada, tomate cereja)
2 colheres (sopa) de arroz integral com brócolis
1 sardinha pequena grelhada ou assada

Ceia:
1 xícara de chá de erva-doce ou 1 copo de água de coco ou chá de camomila
1 fatia de queijo branco light
Ou
1 maçã assada com canela
Ou
4 damascos secos.

O ideal é consultar um (a) nutricionista, pois as dicas poderão alterar de acordo com o seu estado de saúde; pacientes com outras enfermidades podem receber orientações mais específicas, entre outras receitas.

Faça 30 minutos de atividade física, pare de fumar e boa saúde!

Texto colaboração de Monica Symphoroso

 

www.clinicasaoremo.com.br

11 5670-5000

[/fusion_text][/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

2017-08-04T10:49:35+00:00

About the Author:

Atendimento Clínico Nutricional Avaliação, Orientação, Acompanhamento Nutricional, Detoxificação, Perda de Peso, Dislipidemia, Diabetes, Gastrite, Hipertensão Arterial, Refluxo Gastroesofágico PRAFI – PROGRAMA DE REEDUCAÇÃO ALIMENTAR FAMILIAR E INDIVIDUAL
Avada WordPress Theme